5 Erros que Acabam com o Engajamento da sua Fan Page

5 Erros que Acabam com o Engajamento da sua Fan Page

Comece definido a sua persona e evite 5 erros que acabam com o engajamento da sua Fan Page no Facebook. Confira o guest post da Rock Content!

Não dá para negar que o Facebook é uma das ferramentas mais eficientes quando o assunto é marketing digital de uma empresa.

A plataforma é acessada por nada menos do que 1 bilhão de usuários todos os dias, de acordo com informações do próprio Facebook. Isso quer dizer que grande parte dos seus clientes e dos seus potenciais clientes estão na rede.

E não é só pelo poder de alcançar milhares de pessoas que o Facebook se tornou a peça-chave para ações direcionadas à divulgação de uma empresa.

Além disso, em meio a essa transformação digital, a ferramenta dispõe de uma série de funcionalidades nas fan pages, que são direcionadas para que você obtenha um retorno ainda maior com as estratégias do seu negócio.

Parece perfeito, não é mesmo? Nem sempre! É muito comum observarmos gestores reclamando que a sua página no Facebook não tem muitos fãs, que não há interação nas publicações e que o alcance é sempre baixo.

Isso ocorre normalmente por alguns deslizes nas ações que podem colocar tudo a perder no sucesso da sua página.

Quer saber quais são eles? A seguir vamos mostrar 5 erros na fan page que podem estar acabando com o engajamento. Confira!

1. Não ter uma persona definida ou não focar nela

persona tem sido muito utilizada para definição do público que uma empresa pretende atingir.

Veja bem, a persona não é o mesmo que o público-alvo. Ela é, na verdade, a representação do seu cliente ideal baseado em pesquisas de quem realmente são os seus consumidores.

Diferentemente do público-alvo, para se definir a persona, é preciso verificar informações mais “profundas” como os desafios, as dificuldades e os objetivos que impulsionam seus comportamentos de compra — e não apenas dados básicos como idade, sexo e profissão.

E um dos maiores erros no fracasso de uma fan page é exatamente não ter uma persona definida, pois é ela que vai direcionar todas as ações e as estratégias da sua página.

Afinal, não dá para agradar a todos, é preciso ter um foco para saber de que forma você deve se comunicar e quais são os conteúdos e temas são mais interessantes.

Outro problema recorrente é de empresas que até tem suas personas bem definidas, mas que não fazem ações focadas nelas ou que utilizam estratégias que nada tem a ver com o seu público.

Não dá para usar uma linguagem mais formal e técnica com jovens estudantes, por exemplo.

2. Não ter uma boa frequência nas publicações

Acontece muito que empresas fazem centenas de publicações em um só dia e, depois, “desaparecem” da rede social, voltando a fazer mais uma enxurrada de posts em outra data.

É preciso que haja um equilíbrio. O ideal é que exista uma frequência diária nas postagens para que a sua página esteja sempre atualizada — mas sem que isso polua o feed de notícias de seus seguidores com publicações do seu negócio.

É fundamental definir também os melhores dias e horários para fazer os posts, e isso tem que ser analisado e avaliado de acordo com a sua persona.

No caso de estudantes universitários, por exemplo, é possível que acessem as redes sociais a cada pequeno intervalo — mas isso não quer dizer que terão tempo para ler o seu conteúdo.

Portanto, em horários como o almoço ou o fim da noite, quando eles chegam em casa, é mais provável que façam esse acesso de forma mais calma e deem espaço para consumir esse tipo de informação.

Se os melhores momentos para fazer as publicações forem em dia e em horários atípicos ou que você não poderá fazer a postagem naquele momento, o Facebook permite que você programe os posts com as datas e os horários da sua preferência.

3. Não ter um conteúdo de qualidade

É o conteúdo que vai atrair os usuários e também vai gerar engajamento na página, como comentários, curtidas e compartilhamentos.

Sem contar que, quando o conteúdo é feito da maneira correta, a sua empresa pode se tornar autoridade no assunto. E isso, é claro, reflete diretamente no aumento das vendas e na fidelização de clientes.

O problema é que muita gente não vê a importância de um trabalho mais cuidadoso com a qualidade do conteúdo, que deve ser direcionado à persona e que precisa ser útil e interessante.

Abaixo, listamos alguns erros que você não deve cometer nos conteúdos publicados na sua fan page:

3.1. Sempre utilizar o mesmo formato

Não deixe que sua página fique com formato “engessado”. É importante que você invista na variedade.

O Facebook permite que sejam feitas publicações em formatos como vídeos, imagens e textos. Teste coisas novas e diversifique sempre que possível.

3.2. Criar conteúdo completamente direcionado para o Google

É importante que, na estrutura do conteúdo, você se preocupe com algumas palavras-chave. Mas isso não deve ser mais considerado do que a relevância do texto. Afinal de contas, você está escrevendo para pessoas, e não para robôs.

3.3. Falar apenas da empresa

É claro que o objetivo de toda estratégia de marketing é fazer com que a empresa venda mais.

Mas você não vai conseguir isso sendo insistente com conteúdos sem nenhum tipo de informação interessante e apenas com o objetivo de divulgar os seus produtos e os seus serviços.

Divulgue-os, mas de uma forma menos direta e incisiva.

3.4. Delegar a produção de conteúdo para pessoa incorreta

Às vezes o profissional é competente, conhece tudo sobre a empresa e os produtos, mas, infelizmente, não tem aptidão para a escrita — e essa é uma característica fundamental.

Por isso, é imprescindível que você deixe uma pessoa responsável por essa atividade. Ela deve ser criativa e ter bons conhecimentos em produção de conteúdo.

3.5. Perder o timing

Os usuários buscam na internet a informação sempre em 1ª mão. Tudo muda o tempo todo, e os seus conteúdos devem acompanhar as novidades.

Nada de postar um meme, um vídeo engraçado ou de fazer um post bem-humorado de assuntos que já são considerados do passado e que as pessoas estão cansadas de ver.

4. Não responder os usuários

Uma das principais vantagens do Marketing Digital, se comparado à Publicidadetradicional, é o fato de haver uma comunicação de via dupla. O cliente não escuta apenas, mas se relaciona com a empresa.

A interação com os seus fãs é um dos pilares para geração de engajamento. Muitas empresas não respondem as perguntas dos usuários, e isso é inadmissível.

Antes de comprar um produto ou de contratar um serviço, grande parte dos consumidores realizam pesquisas nas redes sociais ou nos sites de busca.

Além de sanar a dúvida desse cliente, a mesma resposta pode valer para centenas de usuários que estão com o mesmo questionamento.

Outro erro super comum — e talvez um dos piores entre os que já falamos até agora — é apagar os comentários com críticas dos clientes. Isso jamais pode acontecer!

O seu posicionamento deve ser responder o comentário com muita atenção e educação e deixar claro que a empresa fará o melhor para trazer a solução para o possível problema.

Com essa atitude, você ganha 2 pontos:

  • um com o cliente insatisfeito, que poderá mudar de opinião sobre a sua marca pelo bom atendimento;
  • e o outro com os demais usuários, que estão acompanhando os comentários e puderam ver como a sua empresa se preocupa para que os problemas sejam sempre sanados com a satisfação.

5. Não mensurar os resultados

Como você poderá saber que as suas ações estão indo pelo caminho certo sem mensurar os resultados? O Facebook dispõe de uma série de métricas de fácil compreensão para você acompanhar o retorno das suas estratégias.

Assim, é possível analisar que tipos de publicações têm tido boas respostas e quais delas precisam ser aprimoradas pois não estão gerando tanto engajamento quanto se espera.

Além das informações do Facebook, existem outras ferramentas que podem ser usadas para acompanhar os resultados das campanhas na plataforma.

Google Analytics, serviço gratuito do Google, serve para você avaliar as estatísticas das suas páginas na internet, incluindo do Facebook.

Veja algumas métricas que você precisa acompanhar no Facebook:

  • alcance:o alcance é o número de usuários que visualizaram a sua publicação em geral. Isso não quer dizer que todos eles interagiram com o post de alguma forma, mas dá para saber o tamanho da sua audiência e a difusão de seus conteúdos;
  • pessoas falando sobre isso:essa métrica mensura quantas pessoas interagiram de alguma maneira com a sua marca (seja citando o nome da sua empresa, comentando, compartilhando etc.);
  • curtidas da sua página:as curtidas mostram o número de fãs que curtem a sua página. Com essa informação, dá para analisar quantas pessoas gostam do seu conteúdo e/ou da sua empresa;
  • engajamento:o engajamento é a interação dos seus fãs e do seu público em geral com as publicações na sua fan page, como cliques, curtidas, reações, comentários e compartilhamentos. Cada uma das interações tem um peso diferente: os compartilhamentos, por exemplo, possuem um peso superior, pois é a propagação do conteúdo.

Fonte – http://vitaminapublicitaria.com.br/5-erros-que-acabam-com-o-engajamento-da-sua-fan-page/

Share this post


WhatsApp Mande uma mensagem!